Mauríco Copertino
Treinador Licença PRO – CBF/FIFA – 2015
Maurício Copertino - Treinador técnico

Maurício Copertino fala sobre trabalho na paralisação do futebol brasileiro

19, MAIO 2020 às 18:00:00

  Sem jogos oficiais há mais de dois meses, Maurício Copertino vem concedendo diversas entrevistas durante a paralisação do futebol brasileiro e comentando um pouco sobre o momento que vivemos e a adaptação do dia a dia de trabalho no esporte. Em conversa exclusiva com o Lance, o auxiliar-técnico do Palmeiras detalhou um pouco das atividades que vem realizando com o trabalho à distância
 
“Faz parte do nosso trabalho. Comissão técnica dificilmente desliga. Tivemos uma videoconferência organizada pelo Vanderlei só com a comissão técnica, delineando um direcionamento para um possível retorno, quais seriam os procedimentos. Tudo supostamente, mas já adiantando a troca de ideias entre nós para saber o caminho melhor”, disse Maurício, que falou também da relação com os jogadores: “O Vanderlei faz videoconferências com os jogadores, se comunicando com eles, dando um posicionamento, mas de forma geral. Eles estavam de férias e entendemos a situação, apesar de estarem treinando, já que são todos muito profissionais e têm organização de trabalho na parte física, com determinação nesse quesito”.
 
A maioria dos clubes deu férias para seus atletas durante o período de quarentena e o Palmeiras foi um deles. Para Maurício Copertino a paralisação afetará igualmente a todos já que todo o futebol nacional segue sem partidas, influenciando na questão física e tática.
 
“A paralisação atrapalha a todos. Todos estavam em estágios físicos e técnicos próximos da forma ideal e, realmente, deu uma estagnada em todas as equipes, porque nem treinar estamos podendo. Mas, quando recomeçar, vai ser de forma igualitária, com todos recomeçando”.
 
Por fim, o auxiliar de Vanderlei Luxemburgo garantiu que o planejamento para o retorno segue ativo, mas que salientou é difícil prever a retomada das atividades.  
 
“Não podemos supor coisas dentro do futebol. Tudo que está acontecendo é muito recente e precisamos respeitar as orientações que determinam o isolamento social. A minha parte e do Vanderlei, que são técnica e tática, pode surtir efeito trabalhando em pequenos grupos, mas o esporte é coletivo. Lógico que dificulta. Só que é tudo muito subjetivo. Não sei o que vai acontecer. É uma coisa muito especial e nova. Vou esperar para ter uma opinião formada”, analisou.



« VOLTAR




MAIS NOTÍCIAS


Experiência

Atlético Mineiro
Al Ain (EAU)
Avai F.C
Botafogo F.C
Comercial F.C
Al-Ahli (Arábia Saudita)
Coritiba F.C
E.C Bahia
Henan Jianye (China)
Internacional de Limeira
Portuguesa Santista
Santo F.C
Nautico
Oeste de Itápolis
Panahaiki (Grécia)
Figueirense F.C
S.C Internacional
Seleção Brasileira
Serrano F.C
Sertãozinho
Tupã F.C
União São João de Araras
Tianjin FC
Yiteng FC
Vasco da Gama
Palmeiras